O técnico dos Memphis Grizzlies no primeiro ano, Taylor Jenkins, não quer pressionar os novatos Ja Morant e Brandon Clarke na próxima temporada.

Jenkins diz que seu principal objetivo com Morant e Clarke é que os dois jovens dos Grizzlies entrem e saibam o que significa trabalhar na NBA todos os dias.

“O mais importante é que não quero exercer pressão indevida sobre nenhum novato que entrar”, disse Jenkins a Michael Wallace do Grizzlies.com. “Esses caras vão ter jogado muito neles. A principal coisa que espero deles é o profissionalismo. Quero que eles entrem e saibam o que significa trabalhar, aprendam o jogo nesse nível. Eles jogaram o jogo em alto nível em Murray State (Morant) e Gonzaga (Clarke), mas fazer essa transição aqui é muito. Seus estilos de vida mudaram completamente. Eles não estão mais no college. Eles são profissionais. Fazendo com que eles realmente entendam isso, e como esse processo está se desenrolando, eles estão aprendendo muito sobre si mesmos como jogadores. É onde eu me encaixo? Qual é o meu papel nesta equipe? Não queremos acelerar nada. Deixe Ja aprender o que significa ser um armador da NBA. Brandon vai ser um jogador multi-posicional”.

“Trata-se de adotar uma abordagem inteligente e calculada, em que você não está tentando apressar nada e lidar com todas essas expectativas externas de que queremos isso. Certamente, internamente como organização, temos expectativas para eles e uma das coisas que espero que façamos é se envolver com os jogadores nisso. Não é uma rua de mão única conosco. Os jogadores têm suas idéias e como podemos crescer juntos, isso será emocionante, porque cada jogador tem sido super receptivo ao treinamento e quer melhorar. Está resolvendo, adaptando-se ao jogo da NBA e sabendo que esse é um nível completamente diferente. Sabemos que eles têm ótimos futuros pela frente. “

Ja Morant obteve média de 24,5 pontos, 5,7 rebotes e 10,0 assistências por Murray State na última temporada. Os Grizzlies estão dando a ele as chaves da ofensiva depois de negociar Mike Conley com o Utah Jazz.

Brandon Clarke fez 16,9 pontos, 8,6 rebotes e 1,9 assistências em Gonzaga no ano passado. Ele provavelmente será o backup de Jaren Jackson Jr. na próxima temporada.

Matéria by 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s